Compartilhar

Paraíba Tecnologia e Inovação

Equipes vencedoras do Grand Prix de Inovação visitam Armazém da Criatividade, em Caruaru

Por Coordenação de Comunicação - Publicado 05 de maio de 2022

A edição estadual aconteceu em março, no Centro de Formação Profissional do SENAI Stênio Lopes, em Campina Grande, durante a Olimpíada do Conhecimento e premiou duas equipes com uma visita ao Polo da Moda.


Na última terça-feira, 03, alunos e mentores do SENAI da Paraíba, realizaram uma visita ao Armazém da Criatividade - Porto Digital, no Polo da Moda em Caruaru, Pernambuco. A visita é resultado da premiação concedida para as duas equipes vencedoras do Grand Prix SENAI de Inovação - Edição Estadual, realizado durante a Olimpíada do Conhecimento em março deste ano, no Centro de Formação Profissional do SENAI Stênio Lopes, no bairro da Prata, em Campina Grande.

Durante a visita, os alunos puderam conhecer a estrutura física e tecnológica do local, os projetos e programas desenvolvidos, além de aprenderem sobre empreendedorismo, criatividade e inovação. Os estudantes foram acompanhados pelas interlocutoras, Tayze Araujo e Karoline Pombo, e pelos instrutores Djalma Andrade, Ester Barbosa, Mariane Melo e Mario Pereira.

O Armazém da Criatividade é um Hub de Inovação do Porto Digital, um parque tecnológico de Recife, focado na tecnologia da informação e comunicação e na economia criativa. Em sua operação, o armazém integra vários espaços de compartilhamento de trabalho como incubadoras e aceleradoras de negócios, espaços empresariais, laboratórios de alta tecnologia para suporte à criação e inovação, bem como espaços de formação continuada e de coworking. 

Para os alunos foi uma experiência essencial, onde puderam ver de perto os processos de inovação de um grande centro de criação e suporte à inovação como o Armazém da Criatividade, como garante a estudante do Centro de Formação Profissional Robson Braga de Andrade, de Caaporã, Necyliane Dantas. “Foi gratificante poder ver de perto o trabalho feito pelo Armazém e como ele está presente em vários âmbitos do nosso cotidiano. O SENAI tem dado muitas oportunidades além da capacitação, como a possibilidade de obter novos conhecimentos através de projetos como esse”, disse.


“Ampliamos os nossos horizontes para o ramo da inovação e fomos guiados por excelentes profissionais. Foi gratificante ter vivenciado algo tão mágico através do SENAI com pessoas e instrutores maravilhosos. Espero viver muito mais dessas experiências”, Mileny Lucia, aluna do Centro de Formação Profissional Professor Stênio Lopes, em Campina Grande.


Participaram do GrandPrix de Inovação 4 equipes, mas apenas as duas primeiras colocadas no desafio tiveram a oportunidade de conhecer o Armazém da Criatividade. Foram elas a equipe vermelha, composta por Isaque Jorge, Kalina Ligia, Esequiel Crispim, Wendell Gomes e Ana Luiza, e a equipe amarela, com os alunos Necyliane Dantas, Mileny Lucia, Diego Macena, Layanderson Almeida e Pedro Henrique Demesio.

Cada uma dessas equipes precisou desenvolver um projeto que levasse solução para alguma demanda da indústria. A equipe vermelha montou o projeto “Gado a Jato”, que tinha o objetivo de resolver a dificuldade de higienização de bovinos para o abate. Para isso foi criado um sistema automatizado, utilizando o arduíno, onde o animal passa por um corredor com sensores que ativam o jato de água e o higienizam para o abate. Já a equipe amarela  desenvolveu o projeto “World Agro”, uma espécie de controle de pragas na agricultura. O projeto tinha o intuito de desenvolver uma máquina automatizada que percorreria todo o hectare de terra, fazendo uma análise do local para, assim, borrifar o produto e, em tempo real, enviar a um aplicativo as informações sobre a área.

O Grand Prix é uma iniciativa que busca estimular o fortalecimento do ecossistema empreendedor com ações que geram soluções às demandas reais da indústria. O tema do desafio estadual, ocorrido em março durante a Olimpíada do Conhecimento, foi “Agroindústria com foco nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 9 (Indústria, Inovação e Infraestrutura) e 12 (Consumo e Produção Sustentável). 


Texto/Colaboração: Igor Batista

Outras Notícias